Por um momento

 

E no campo escurecido em pleno julho se fez natal.
Luzes piscavam em todas as árvores e arbustos.
Próximo ao campo, a areia da praia e o barulho do mar tornava a festa dos vaga-lumes ainda mais insólita. Desfiz-me em sonhos, em pequenos fragmentos. E tudo brilhou. As estrelas no céu, os vaga-lumes no campo, as gotas do oceano batidas pelo luar e minha vontade louca de transcender.

maria izabel

 

voltar