Ser Humano

 

Não quero fazer parte de nada.

A estatística, seja ela da miséria ou da riqueza, não me interessa. Nasci pra cumprir destino de homem. De homem livre.

Livre para ir e vir. Dormir ao relento ou protegido das estrelas. Nasci pra viver. Sem ter de pedir desculpas por existir.Quero sobreviver ao meu modo, que talvez não seja o seu. Não sou mendigo, nem louco, nem bandido. Muito menos um pobre coitado.

Quero pertencer a minha natureza. Quero viver fora dos padrões, sem ter muito, sem ter tuas obrigações, sem ter de conceder.

maria izabel

 

voltar