Lembranças

Me lembro:
do lençol no varal, do laranjal
da borboleta azul, do sol.
Eu era frágil, como agora estou.

No lugarejo as ladainhas,
as lições e o lamaçal.
Lembra das lendas?
Eu tinha medo, agora não.

Lembra?
O luar no lago,os lábios, a lascívia
os labirintos, a liberdade
Eu sentia paixão, agora ....

A turbulência, as lágrimas, os limites
liquidaram o quintal
o lago alongado
a lua azul.
Lembra?

Lembro e relembro, porque só existi aqui.
 

maria izabel

 

voltar